Com 53% da população vacinada, Israel está prestes a voltar à vida normal

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse, neste domingo, 7, que o país está prestes a acabar com as restrições relacionadas à Covid-19. Também neste domingo, os restaurantes foram autorizados a reabrir. Segundo as autoridades de saúde, se houver uma alta de contágios, as restrições serão reativadas.

O país é um dos que mais vacinaram no mundo. Como 53% dos israelenses receberam pelo menos uma dose da vacina da Pfizer, de acordo com dados do Ministério da Saúde, o governo tem gradualmente reaberto empresas, escolas e o principal aeroporto do país, ainda que todos funcionem com limite de capacidade

Apesar da liberação, o primeiro-ministro recomendou o uso de máscaras e o distanciamento social. Alguns locais de lazer têm acesso limitado a clientes que podem provar imunidade ao coronavírus (chama-se isso de “passe verde”, é um documento emitido pelo Ministério da Saúde). Com isso, as autoridades esperam convencer os israelenses ainda relutantes em se vacinar.

Fonte – A Tarde