Comércio apresenta movimento tímido no primeiro dia de retomada em Camaçari

Camaçari aos poucos vai retomando as atividades econômicas. No primeiro flexibilização e reabertura do comércio, o pouco movimento  preocupa quem sobrevive do setor.

-Publicidade-
-Publicidade-

As portas do comércio foram abertas às 10 da manhã e, ao longo do dia, mesmo em pleno funcionamento, a movimentação do trânsito, do transporte público e nas ruas da cidade, apontavam um ritmo tímido.

Assim como na primeira onda. Dessa vez, várias portas continuam fechadas. Alguns comerciantes não conseguiram manter o negócio e desistiram. Outros, precisaram inovar e manter o otimismo mesmo diante das incertezas. “A gente tenta manter o otimismo, mas a situação está muito difícil e, percebo que muitos não vão conseguir reabrir seu comércio”, disse.

Proprietário de uma pequena lanchonete no centro de Camaçari, Nilson Rodrigues, diz que o momento é de avaliar e fazer as contas. “Acho que hoje é um dia para se arrumar a casa, avaliar como irão ficar as coisas. Ainda não conseguimos criar expectativas”, relata.

O motorista de aplicativo, Jhon Ceber, acreditava em uma segunda – feira mais movimentada, porém, o fraco movimento surpreendeu. “No período da manhã o aplicativo quase não chamou. Agora a tarde melhorou um pouco. Para quem sobrevive apenas dessa atividade, está muito difícil”.

Redação Nossa Metrópole