Boxe: baiano Keno Marley é eliminado das Olimpíadas em decisão polêmica

O boxeador baiano Keno “Marley” Machado foi eliminado nas quartas de final da categoria meio-pesado (75 a 81kg) ao ser derrotado nesta sexta-feira pelo britânico Benjamin Whittake em decisão dividida dos juízes (3-2).

Keno, que buscava uma vaga para garantir pelo menos o bronze, teve uma atuação mais cautelosa em relação à sua estreia na arena Kokugikan, quando derrotou o chinês Daxiang Chen. Ainda assim, buscou o combate e acertou mais golpes do que seu adversário. Nas redes sociais, os torcedores brasileiros questionaram a decisão dos juízes que deu a vitória a Whitakker.

O atleta de 21 anos aspirava seguir os passos de Robson Conceição, que conquistou o primeiro ouro olímpico para o Brasil na Rio 2016.

“Cometi alguns erros em alguns momentos e isso acarretou na derrota, mas estou bem e feliz com minha performance. Temos que analisar o resultado, não dá para julgar os juízes. Acho que foi justo”, disse o brasileiro em entrevista ao SporTV.

Whitakker, terceiro da Copa do Mundo de 2019, lutará no domingo por uma vaga na final contra o russo Imam Khataev, que se classificou o vencer por nocaute o espanhol Gazi Jalidov.

Fonte: A Tarde