Braskem abre inscrição para Programa de Estágio 2022 com vagas em Camaçari

Entre 2 e 7 de agosto, a Braskem abre as inscrições para seu Programa de Estágio 2022. Das 212 vagas oferecidas, 37 serão para a Bahia, nos municípios de Salvador e Camaçari. As inscrições podem ser feitas no site da empresa. Também há vagas para os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Alagoas.

As vagas são para estudantes universitários que estejam cursando a partir do segundo ano de graduação nos cursos de Engenharias (Química, Elétrica, Mecânica e Produção), Administração, Economia, Ciências Contábeis, Psicologia, Química, Publicidade, entre outros. É necessária disponibilidade para estagiar 30 horas semanais, em média. O programa tem duração de um a dois anos, com início a partir de janeiro de 2022.

A companhia realiza diferentes iniciativas no processo seletivo para aumentar a diversidade e representatividade dos candidatos, com foco principalmente em universitários negros. Com condução 100% on-line e gamificada, a seleção busca alinhamento do perfil do candidato com a cultura e os valores da empresa.

Com a flexibilização de alguns critérios de seleção, o inglês deixou de ser obrigatório e os candidatos que ingressarem no programa serão elegíveis a bolsa do idioma.

Na análise de currículos, os avaliadores não terão acesso a informações como idade, instituição de ensino e experiência prévia, informa a empresa. Já o teste de raciocínio lógico foi substituído por uma avaliação de tomada de decisão, permitindo conhecer de forma mais inclusiva os candidatos.

Em 2021, 250 estudantes foram contratados pelo Programa de Estágio da Braskem. Desse total, 38% negros, 54% mulheres, 45% pessoas de baixa renda e 5% acima de 28 anos. “A Braskem busca ter, cada vez mais, um ambiente de trabalho inclusivo e diverso. Com o nosso Programa de Estágio buscamos, ano a ano, inovar e superar nossos desafios para alcançar a nossa meta de aumentar a representatividade de grupos minorizados no nosso quadro de colaboradores, principalmente a de negros”, afirma Camila Fossati, responsável pela área de Diversidade e pelo Programa de Estágio da Braskem.

Fonte: A Tarde