Estudantes de Camaçari reivindicam pelo retorno do transporte universitário

As universidades estaduais, federais e privadas estão autorizadas a retomar as aulas presenciais na Bahia, seguindo o modelo híbrido, com divisão das turmas em 50% e aulas presenciais em dias alternados nas unidades de ensino. O retorno teve início no mês de julho.

Apesar do retorno tão esperado pelos estudantes, a retomada das atividades presenciais se tornou um problema para muitos, por falta do transporte universitário, um benefício concedido pela Prefeitura de Camaçari para transportar os alunos do município até as universidades de Salvador.

No intuito de tentar celeridade na retomada do serviço, uma comissão de estudantes esteve na Prefeitura de Camaçari para tentar dialogar com o prefeito Elinaldo. Na oportunidade, os estudantes foram recebidos pelo secretário de Administração, Helder Almeida. “Nossa proposta é que a Prefeitura inicie, de imediato, o recadastramento dos usuários do transporte universitário e das atividades dos roteiros do mesmo transporte. Em seguida, pedimos uma melhoria do transporte universitário que está totalmente sucateado”, destaca o estudante Thiago Lopes, um dos líderes da comissão e presidente da União da Juventude Cristã do Brasil (UJCB).

De acordo com Lopes, o secretário se colocou à disposição para tentar viabilizar o retorno de modo célere. “O senhor Helder ficou de passar a demanda para a SESP, órgão responsável pelo transporte universitário. No momento, pediu para que a gente aguardasse um retorno. Agora estamos aguardando, dando um tempo para a gestão pública se posicionar por meio de edital e nos dar uma data concreta de retorno do recadastramento dos usuários do transporte e do retorno dos roteiros. É algo que não pode ser adiado. Essa luta é de todos os universitários”, declara o estudante.