Sehab recebe membros da Caixa para planejar novos passos do Pró-Moradia

A Secretaria da Habitação (Sehab) recebeu, nesta quinta-feira (2/9), membros da superintendência regional da Caixa para alinhar os passos futuros para a execução do Pró-Moradia, programa de melhorias habitacionais do Governo Federal. A instituição financeira é responsável pelo suporte técnico, acompanhamento e financiamento do programa, aportando recursos na ordem de R$ 12,3 milhões, outros R$ 680 mil são frutos da contrapartida estadual.

A visita contou com dois momentos. O primeiro foi realizado na sede da pasta, onde foram apresentados os detalhes técnicos do projeto. “Em produtiva reunião, discutimos sobre a implantação do Pró-Moradia. Nosso objetivo é melhorar a qualidade de vida de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, assegurando boas moradias e infraestrutura urbana”, destacou a secretária da Habitação, Vivian Angelim.

-Publicidade-
-Publicidade-

Para o engenheiro da pasta, Flávio Lôbo, os alinhamentos entre as instituições são essenciais para o desenvolvimento do projeto. “O nosso encontro veio para ajustar as necessidades da Caixa, no que se refere a proposta apresentada e dar encaminhamento para o futuro, que será o financiamento e execução da obra. Estamos focados em fazer com que o Termo de Referência seja encaminhado no devido tempo, para dar início ao processo licitatório”, detalhou.

Já no segundo momento, a equipe técnica da secretaria e os membros da Caixa foram a campo para analisar as residências que receberão as melhorias. “Estamos aqui hoje para dar o pontapé no projeto e fazer a análise técnica. Somos responsáveis pelo acompanhamento, após a aprovação do Governo Federal. Então queremos agilizar o processo, para quando houver a contratação, a Prefeitura poder licitar e começar as obras”, disse o coordenador financeiro da instituição, Cristiano Antunes.

PRÓ-MORADIA

O programa Pró-Moradia tem como objetivo viabilizar o acesso à moradia para famílias de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social, por intermédio de operações de financiamento a estados, municípios, Distrito Federal ou órgãos da administração direta ou indireta, lastreadas por recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

No município de Camaçari, o Nova Vitória foi o bairro escolhido para desenvolver o programa. No local, 500 residências receberão melhorias habitacionais, o que representa um quantitativo de 2.000 pessoas beneficiadas.

O programa oferece serviços como alvenaria de blocos, chapisco, massa única, piso cimentado, pintura, cobertura (madeiramentos e telhados), troca ou instalação de portas e janelas, instalação sanitária, fossas/sumidouros e instalação elétrica interna.