“Meu Descarte Legal” vai disponibilizar caixas coletoras de vidro alguns bairros de Camaçari

A ação Meu Descarte Legal foi iniciada com a instalação de caixas coletoras de vidro, no bairro Inocoop, e de medicamentos vencidos, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Gravatá. A iniciativa é realizada através da parceria entre as empresas de Limpeza Pública de Camaçari (Limpec), e de reciclagem de vidros, REVIDA, juntamente com a Câmara Jovem Empresário, do Sindicato do Comércio Patronal de Camaçari, Dias D’ávila, Lauro de Freiras e Simões Filho (Sicomércio Camaçari). A disponibilização do equipamento foi acompanhada de perto pelo diretor-presidente da Limpec, Áldene Mota.

O programa tem o objetivo de estimular o descarte correto dos materiais. Outras unidades de saúde estratégicas também receberão caixas coletoras de medicamentos vencidos, já no caso das de vidros, serão colocadas nos bairros para dar o destino adequado. O local foi escolhido por ser um dos bairros mais boêmios, com alto consumo desse tipo de material.

Há previsão de que mais caixas coletoras de vidro sejam instaladas no município em pontos estratégicos, e, na próxima semana chegará a Arembepe. Ainda estão previstas instalações na Gleba C, Alto da Cruz e em Guarajuba, mas a população também pode solicitar a instalação com a Limpec, que vai até o local verificar a viabilidade.

No Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de vidros, poderão ser realizados os descartes dos seguintes itens: garrafas de bebidas, potes de alimentos, frascos de cosméticos, frascos de medicamentos e copos e taças de vidros. Já os itens que não podem ser descartados são as lâmpadas e louças.

A Limpec reforça ainda que podem ser entregues vidros quebrados, desde que limpos antes do descarte, este que pode ser feito no lixo comum, seguindo o passo a passo para realizar o acondicionamento de forma adequada, mas não será reciclado. A orientação é que o descarte ocorra no PEV, já que é uma atitude sustentável, ajuda a diminuir os riscos de acidentes dos garis, a danificação nos veículos de coleta de lixo e facilita a separação de material reciclado.

Na iniciativa, a Limpec faz a confecção e instalação das caixas coletoras de vidro e a REVIDA faz a coleta do material, que será triturado para retornar ao processo produtivo, já que é 100% reciclável e se tornam novas garrafas, por exemplo. O que contribui com a preservação do meio ambiente. Nesse processo, se economiza energia, matéria-prima, diminui as emissões de poluentes, melhora os processos industriais e ainda se gera empregos.