Igreja baiana processa Fernanda Brum por inadimplência contratual

A cantora gospel Fernanda Brum está sendo processada pela Igreja Evangélica Batista Jesus Lírio dos Vales, que fica em Jequié, por inadimplência contratual e danos morais.

A igreja, segundo a colunista Fabia Oliveira, contratou a artista em 2018 para o evento “Chá das Mulheres” e teria pago R$ 15 mil, além de outros gastos com passagens aéreas e produção. O evento tinha como objetivo iniciar um projeto para construção de um novo espaço.

A artista, no entanto, teria alegado motivos de força maior e pediu o adiamento do evento. Na nova data, novamente, Fernanda não compareceu, segundo a igreja, e apresentou um atestado médico.

Sem uma nova data possível, o evento foi cancelado e a igreja precisou arcar com os prejuízos ao devolver ingressos entre outros gastos. Sendo assim, a igreja pede R$ 46 mil de indenização referente ao cachê pago e aos gastos com o evento que não aconteceu.

Segundo a colunista, em agosto houve uma audiência de conciliação, mas a artista não apareceu nem enviou defesa.

Fonte: A Tarde