1ª Feira Orgânica de Camaçari acontece na Praça dos 46 na quarta (6/10)

A população de Camaçari passa a ter acesso inédito a produtos orgânicos certificados, com a promoção da primeira Feira Orgânica do Polo Verde de Camaçari e região metropolitana. Essa edição do evento acontece na Praça dos 46, no dia 6 de outubro, das 13h às 18h, ocorrendo no mesmo horário, a cada semana, sempre às quartas-feiras a partir de então. A iniciativa é da Prefeitura de Camaçari, em parceria com a Fundação Alphaville, por meio da articulação da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap). Hortaliças, verduras, raízes e grãos são alguns dos diversos produtos que poderão ser encontrados no local.

Para Antônio Falcão, secretário da Sedap, promover a agricultura orgânica no município é, além de uma necessidade, uma grande oportunidade. “Com a implementação da Feira Orgânica a gestão está, ao mesmo tempo, gerando renda para o pequeno produtor, e ampliando a possibilidade de acesso à saúde a toda população camaçariense”, explicou o gestor. O projeto da pasta, segundo Falcão, é evoluir rapidamente para a versão itinerante da inciativa, contemplando num espaço de tempo, mais breve possível, toda a costa do território.

-Publicidade-
-Publicidade-

A Feira Orgânica do Polo Verde resulta de ação do Programa de Agroecologia Zé Menezes, da Sedap. Mobiliza cerca de 60 agricultores rurais, distribuídos em 25 unidades produtivas em Camaçari e região. Agroecologia é um sistema de produção agrícola sem danos à natureza orientado por dois vetores: viabilidade econômica e preservação do meio ambiente.

Os produtores são devidamente certificados pelo Organismo Participativo da Avaliação da Conformidade Orgânica (OPAC), da Rede de Agroecologia Povos da Mata, rede autorizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) a emitir certificação orgânica de maneira participativa, na qual agricultores de uma rede validam ou não a certificação de produtores de outros núcleos.

A parceria da Prefeitura de Camaçari com a Fundação Alphaville resultou na realização da primeira Feira Orgânica do município e região metropolitana, com produtos devidamente certificados. A Fundação apoia a iniciativa fornecendo a estrutura para sua realização, além do apoio dado à capacitação de agricultores familiares de Camaçari, feita no próprio município e em Irecê, por membros do núcleo ireceense Raízes do Sertão. Este núcleo, que integra a Rede de Agroecologia Povos da Mata, também foi o responsável pela Certificação Participativa desses agricultores.

A participação na primeira Feira Orgânica de Camaçari é facultada exclusivamente aos membros do pré-núcleo Polo Verde. Agricultores familiares interessados em integrar a rede e passar pelo processo de certificação podem procurar diretamente um dos agricultores presentes à Feira, a fim de serem encaminhados à coordenação do pré-núcleo local. A Sedap, por meio do Programa de Agroecologia Zé Menezes, também faz essa intermediação, por meio do número (71) 3622-7343, em horário administrativo.

Um pouco da história

A mobilização da agricultura familiar em Camaçari rumo à Certificação Participativa teve os seus primeiros frutos em 2020. Foi nesse ano que ocorreu a primeira certificação do pré-núcleo Polo Verde, formado atualmente por agricultores do município. Zé Menezes, que dá nome ao Programa de Agroecologia da Sedap, era o apelido de um entusiasta da prática agroecológica no município. Foi um personagem importante para o desenvolvimento da agroecologia no território que, infelizmente, veio a falecer ainda no início do desenvolvimento do programa.