Aos 80 anos, Alexandre Garcia ainda não se vacinou contra a Covid-19

Demitido da CNN por defender reiteradamente o uso de medicamentos ineficazes para combater a Covid-19, o jornalista Alexandre Garcia ainda admitiu que ainda não se vacinou contra a doença, mesmo aos 80 anos e parte do grupo de risco.

Em entrevista a um programa do também comunicador bolsonarista Augusto Nunes, o antigo apresentador da Rede Globo se recusou a atribuir a redução de casos e mortes pelo novo coronavírus às vacinas, que classificou como “experimentais”.

Durante a conversa, ele disse acreditar na proteção dos “anticorpos” adquiridos por quem contraiu a doença, apesar das provas de casos de reinfecção e de novas cepas geneticamente distintas.

Após a demissão em setembro, a CNN emitiu uma nota justificando a demissão pela defesa de Garcia ao “tratamento precoce”.

Segundo informações do Antagonista, mesmo sem se vacinar, Garcia participa todo domingo de uma missa no Mosteiro de São Bento, em Brasília, onde pode ser visto por vezes com o nariz para fora da máscara.

Fonte: A Tarde