Centro de Referência à Saúde da Mulher terá capacidade de atender cerca de 2 mil mulheres por mês

Durante a 9ª Conferência Municipal de Saúde, realizada pela Secretaria da Saúde (Sesau), realizada no início do mês de outubro, o secretário de Sesau, Elias Natan anunciou que o Centro de Referência à Saúde da Mulher será implantado no primeiro trimestre de 2022 na Gleba B. Para isso, já teve início às obras de requalificação e ampliação da antiga base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), onde passará a funcionar a Unidade Básica de Saúde (UBS) Gleba B.

Assim que implantado, o Centro de Referência à Saúde da Mulher terá capacidade de atender cerca de duas mil mulheres por mês, com serviços de mamografia, endocrinologia, consultas ginecológicas, mastologista, serviço social, atendimento às mulheres vítimas de violência, psicologia, testes rápidos de Infecção Sexualmente Transmissível (IST), entre outras especialidades e serviços médicos destinados à saúde da mulher.

-Publicidade-
-Publicidade-

O gestor da Sesau informa que no prédio onde hoje está a UBS será implantado o centro. Elias Natan afirma que tem pedido celeridade na obra de requalificação. “Esse centro é um projeto nosso desde quando estava vereador e ao chegar na Sesau foi abraçado por toda a equipe. E agora, com o aval do prefeito Elinaldo sempre preocupado com a saúde de nossa população, demos início a concretização do mesmo. De uma vez, além de implantarmos o centro, ampliaremos também o funcionamento da UBS da Gleba B num movimento de gestão que beneficiará toda população”, disse.