Mãe acusada de comandar o assassinato do filho de 7 anos, em Camaçari, é detida em Alagoas

Alexandra Moura da Silva,  de 30 anos, foi presa na última quarta-feira (20), após ser indiciada como mandante do assassinato do próprio filho, Carlos Henrique Moura Maia Santos, de 07 anos, em 2015, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador.

-Publicidade-
-Publicidade-

A criança foi encontrada morta, boiando, em um córrego localizado no bairro da Bomba em janeiro de 2015. Foram encontrados muitos arranhões e marcas no corpo da vítima, o que indica que a mesma tentou se defender do ataque, segundo a polícia. José Nilton Pereira da Silva foi preso em 09 de Agosto de 2016, após confessar o crime e confirmar que a morte do menino foi planejada pela mãe.

Segundo José Nilton, Alexandra atuava como traficante de drogas e planejava um assalto a banco com seu parceiro. O menino morava com a avó paterna, no entanto, estava passando as férias com a mãe e teria ouvido a conversa sobre os planos criminosos da dupla. A mãe, então, para impedir que a criança comentasse sobre o ocorrido, ofereceu relações sexuais ao parceiro da avó materna da vítima, para que ele a matasse.

A criança foi, então, atraída para as redondezas do córrego de Camaçari e morta por afogamento. A mãe foi detida em 2016 e liberada após 30 dias, devido ao vencimento do prazo de prisão temporária. Recebeu, posteriormente, mandato de prisão por 32 anos, no entanto, estava foragida e sua detenção ocorreu na última quarta-feira (20), ao ser encontrada em Alagoas.