Morre James Michael Tyler, o eterno Gunther da série ‘Friends’

Friends, sitcom sucesso nos anos 90 e 2000, era centrada na amizade de 6 personagens: Ross, Monica, Rachel, Phoebe, Joey e Chandler. Mas a série contava com diversos outros personagens icônicos. James Michael Tyler, intérprete de Gunther, um dos mais famosos, morreu neste domingo (24).

James tinha 59 anos e foi acometido por um câncer de próstata, que enfrentava há anos. Segundo o site TMZ, ele morreu “tranquilamente” em sua casa em Los Angeles.

“O mundo o conhecia como Gunther (o sétimo ‘amigo’) da série de sucesso ‘Friends’, mas os entes queridos de Michael o conheciam como ator, músico, defensor da conscientização sobre o câncer e marido amoroso. Michael adorava música ao vivo, torcer por seu Clemson Tigers, e muitas vezes se encontrava em aventuras divertidas e não planejadas. Se você o conheceu uma vez, você fez um amigo para a vida toda”, diz um comunicado enviado pela família.

Tyler revelou recentemente que tratava a doença, que já estava em estágio avançado. Em junho, o ator contou que foi diagnosticado em setembro de 2018 após um exame de rotina. Desde então, o câncer se espalhou para seus ossos e ele já não conseguia mais andar.

“Tenho lidado com esse diagnóstico há quase três anos… É um câncer em estágio avançado. Provavelmente vai me pegar”, disse ele em junho numa entrevista ao programa “Today”, da emissora americana NBC.

O ator continuou fazendo o tratamento de quimioterapia durante toda a pandemia. Nos últimos meses, o câncer sofreu uma mutação e levou o artista a perder os movimentos da parte inferior do corpo.

Uma das últimas aparições públicas de Tyler foi no especial “Friends, the Reunion”, lançado neste ano. Ele afirmou que os membros do elenco sabiam do seu diagnóstico, mas que ele preferiu não falar sobre o assunto durante a transmissão. O ator ainda classificou a época em que trabalhava na série como os dez anos mais memoráveis de sua vida.

“Eu não poderia imaginar uma experiência melhor. Todos esses caras foram fantásticos e foi uma alegria trabalhar com eles. Foi muito, muito especial”, disse.

Inicialmente previsto para ser apenas um figurante, James Michael Tyler interpretou o funcionário da icônica cafetaria Central Perk. A presença do ator se fazia necessária porque ele era o único na produção que sabia operar a máquina de café que aparecia no cenário por já ter trabalhado em cafeterias na vida real antes de virar ator. Por isso, de figurante, passou a ter papel fixo na história.

Fonte: Correio