Banhistas reúnem-se para atacar tubarão em Barra do Jacuípe, Costa de Camaçari

A praia de Barra do Jacuípe foi palco de uma perseguição contra um tubarão que encontrava-se em águas rasas do local. Segundo filmagens divulgadas, banhistas reuniram-se munidos com um facão e desferiram golpes contra o animal numa tentativa de mata-lo.

 

 

As imagens circulam pelas redes sociais e mostram o animal encurralado pelo grupo sendo agredido por um dos homens com um facão. O tubarão aparenta estar tentando desvencilhar-se da situação enquanto a autora do vídeo exclama “deixa ele ir embora, moço… Vai matar o bichinho?”

O caso foi analisado pelo biólogo Davi Silva, e segundo o mesmo, este ataque pode ser enquadrado como crime ambiental, conforme especificado no Art. 32 da Lei nº 9.605/98, com pena prevista de três meses a um ano de reclusão. Declara ainda que em situações como essas, a atitude correta é entrar em contato com o IBAMA ou outro órgão especializado para que o animal seja tratado de maneira digna e de acordo com a legislação.