Grammy Latino 2021: Anitta homenageia Marília Mendonça e música de Caetano Veloso é premiada como melhor gravação

O Grammy Latino 2021 anunciou, nesta quinta-feira (18), os vencedores em cerimônia de premiação no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas. Marília Mendonça não ganhou o Grammy de melhor álbum sertanejo por “Patroas”, com Maiara e Maraísa, mas foi homenageada por Anitta na premiação.

“Me dói o coração que ela que não esteja aqui. Todos que te conhecemos sabemos que você era uma mulher generosa e amiga de todos. Vamos lembrar de você hoje amanhã e sempre. Viva Marília Mendonça”. A dupla Chitãozinho e Xororó levou a categoria com o álbum “Tempo de Romance”.

Uma das surpresas foi a vitória de Caetano Veloso e Tom Veloso com a música “Talvez”, composição de Tom e Cezar Mendes, na categoria gravação do ano, uma das mais importantes da premiação.

Giulia Be era a única brasileira que concorria à artista revelação, mas quem ficou com o prêmio foi a cantora colombiana Juliana Velásquez. A carioca cantou com Anitta e Carlinhos Brown no número de abertura do prêmio, que foi liderado por Gloria Estefan.

O colombiano Camilo era o mais indicado da noite (10 categorias) e levou para casa quatro estatuetas: melhor música pop, álbum contemporâneo de pop, melhor interpretação de música urbana e música tropical.

Na pré-cerimônia, Ivete Sangalo, Paulinho da Viola e Zeca Baleiro levaram prêmios em categorias brasileiras de álbum de música de raízes, álbum de samba e álbum de MPB, respectivamente. Anavitória foram premiadas nas duas categorias que concorriam: melhor canção em língua portuguesa, por “Lisboa”, e melhor álbum pop contemporâneo por “Cor”.

Já Toquinho e Yamandu Costa levaram o Grammy Latino de álbum instrumental por “Toquinho e Yamandu Costa – Bachianinha”. O momento brasileiro na tarde que antecedeu a premiação também teve performance de Luedji Luna, que cantou “Bom Mesmo é Estar Debaixo D’água”.

Fonte: G1