Parte da Estrada da Cetrel será interditada para obras na segunda (29/11)

Os motoristas que trafegam pela Via Atlântica (BA-530), popularmente conhecida como Estrada da Cetrel, devem redobrar a atenção. O motivo é que a partir da próxima segunda-feira (29/11), a via será interditada por completo, no trecho que compreende a entrada do Posto de Combustível TMCB até a Rótula do Mirante, em virtude de obra executada pelo Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra).

As intervenções tratam-se da duplicação e pavimentação da Avenida Atlântica (BA-530) e requalificação do subtrecho, que vai do Viaduto do Trabalhador até a rotatória da Avenida Henry Ford. O bloqueio se faz necessário para oferecer condições de segurança viária, principalmente para os munícipes que circulam pelo PoloPlast, Jardim Limoeiro, Parque das Palmeiras e Bairro Novo. O trecho permanecerá fechado até a finalização dos serviços.

-Publicidade-
-Publicidade-

Os veículos que transitam pela via Atlântica, sentido sede do município, terão as seguintes alternativas de tráfego: a partir da Rotatória do Mirante, deverão seguir pela Avenida Henry Ford, em seguida retornar na Via Parafuso (BA-535), podendo entrar na cidade pela Av. Vereador Dilson Magalhães, sentido Av. Concêntrica; outra opção é através da marginal da Av. Jorge Amado, sentido Centro; mais uma forma de acesso à cidade é, após o retorno na BA-535, seguir sentido ao Centro pelo Viaduto do Trabalhador.

Para os condutores vindos da costa do município, que vão em direção ao Hospital Geral de Camaçari (HGC), PoloPlast, Jardim Limoeiro, Bairro Novo ou Parque das Palmeiras, após seguir pela Av. Henry Ford e efetuar o retorno na Via Parafuso, deverão seguir pelo Viaduto do Trabalhador;

Já para quem vem de Salvador sentido Estrada da Cetrel, a opção é seguir pela BA-535 até a Rotatória Henry Ford, e, na sequência, se deslocar pela Av. Henry Ford sentido Via Atlântica.

Sobre a obra – O projeto prevê benfeitoras no sistema de drenagem, passeio com acessibilidade, ciclovia e pavimentação asfáltica em mais de três quilômetros de pista. A assinatura da ordem de serviço, bem como o início das intervenções, ocorreu no dia 9 de novembro deste ano com a limpeza das marginais. O prazo previsto para a conclusão da obra é de seis meses.