Ex-presidente Lula participa de poadcast ao vivo e bate recorde de visualizações

 A entrevista do ex-presidente Lula (PT) ao PodPah, poadcast disponível no YouTube, teve cerca de 300 mil pessoas assistindo ao vivo no canal do Youtube na noite da última quinta (02). O recorde anterior era da dupla dos gamers Eltin e Rafael, que tiveram 120 mil espectadores simultâneos. Lula também virou o assunto mais comentado do Twitter, não só no Brasil, como no mundo inteiro.

O ex-presidente, em tom descontraído, debateu com os apresentadores do Podpah os mais variados temas, como futebol, corrupção, preços dos combustíveis no Brasil, Lava Jato, eleições de 2022 e outros. Ainda em clima profundamente descontraído, Lula tirou fotos com os apresentadores do programa fazendo ‘hang loose’, gesto articulado especialmente com os dedos das mãos, ocasionando interações cômicas entre os internautas.

Quanto a sua provável candidatura no próximo ano eleitoral, o petista voltou a afirmar que decidirá por volta de março de 2022, mas que, se voltar, ‘terá que trabalhar muito mais do que trabalhou, porque eles destruíram o Brasil’. “Tenho que fazer mais do que já fiz“, afirmou.

Lula também criticou Jair Bolsonaro: “o cara falou que tomar vacina contra a covid pode dar Aids… Você tem um psicopata mentindo pro país o dia inteiro. Isso não é normal“, afirmou. Lula também estimulou os jovens a ingressarem na política como único caminho para conquistar melhorias para o país.

A entrevista começou às 19h, mesmo horário que, todas as quinta-feiras, o presidente Bolsonaro faz sua live semanal, transmitidas em seus perfis no YouTube, Instagram, Facebook e Twitter. Ontem, por volta das 19h30, o presidente tinha 8.877 pessoas acompanhando sua transmissão ao vivo pelo YouTube, mesmo horário em que o Podpah chegava a 175 mil ouvintes simultâneos. Bolsonaro tem 3,5 milhões de seguidores na plataforma, contra 4,32 milhões do podcast.

Já pelo Facebook, a audiência do presidente foi maior: pouco antes das 20h, chegou a 192 mil pessoas acompanhando ao vivo e o número subiu para 270 mil às 21h, quando já havia acabado. Já a entrevista do ex-mandatário não foi compartilhada ainda na rede social.

Fonte: Yahoo