Pobreza Menstrual: Diretora cria “banco de absorventes” para diminuir evasão escolar de meninas

 

Você já parou para pensar que a renda familiar pode impactar, por exemplo, na aquisição de materiais básicos de higiene? E que a falta deles pode impedir crianças e adolescentes de irem à escola?

Observando que em determinado período do mês algumas alunas não iam para as aulas e com o monitoramento da falta dessas meninas, Edicléia Pereira, a então diretora da Escola Municipal Cosme de Farias, na época,(2019) no bairro do Phoc I, em Camaçari, decidiu montar um ‘banco de absorventes’. Nós da Revista Nossa Metrópole, tivemos a honra de sermos os primeiros a divulgar o tema e o belíssimo trabalho da Professora Edicléia Pereira.

Quer saber mais? Aperte o play e confira a entrevista!