Engenheiro é preso por matar a mulher na noite de Réveillon em Porto Seguro

Uma mulher foi morta a tiros na noite de Réveillon, na sexta-feira (31), em Porto Seguro, no sul baiano. O marido, o engenheiro Reges Amauri Krucinski, foi preso e confessou o crime.

Juliana de Freitas Alves Krucinski, 41 anos, foi baleada e chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu.

Policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Porto Seguro) foram acionados por volta das 18h30 da sexta com a denúncia de que tiros foram ouvidos em um condomínio na Rua Sophia Loren. Ao chegar no local, já encontraram Juliana ferida, recebendo atendimento.

De acordo com o Radar64, o assassino confesso é engenheiro e foi preso com três armas em uma rua próxima ao local do crime, ensanguentado. O crime aconteceu durante uma briga e teria sido presenciado pela filha de Juliana, de 10 anos, e uma babá.

Segundo o site, a família morava há poucos meses em Porto Seguro. Juliana deixa outro filho, um bebê fruto do relacionamento com Reges.

O caso é investigado pela 1ª Delegacia (Porto Seguro).

Fonte: Correio