Procissão em homenagem a São Thomaz de Cantuária sai da Paróquia Santa Luzia, na Gleba C

O dia festivo mais importante para a comunidade católica do município está próximo. Após o novenário, que encerra nesta quinta-feira (6/1), acontecerá no dia 7 de janeiro (sexta-feira), o ponto alto da celebração em honra a São Thomaz de Cantuária, padroeiro de Camaçari. Este ano, as comemorações trazem como tema central o versículo “Pois todos sois um só em Cristo Jesus (Gálatas 3, 26)”.

No último dia da festividade, a programação das celebrações terá início às 5h, com alvorada de fogos, seguido de Ofício de São Thomaz, às 6h, além das Santas Missas, uma às 7h, pelas vítimas da Covid-19 e devotos falecidos, e a outra às 9h. No período da tarde acontece o momento mais esperado pelos devotos, a tradicional e solene procissão, que percorre as ruas do município. Com saída às 15h, da Paróquia Santa Luzia, na Gleba C, o cortejo segue em direção à Catedral de São Thomaz de Cantuária, na Praça Desembargador Montenegro, onde, às 17h, acontecerá a santa missa solene, presidida pelo bispo diocesano Dom João Carlos Petrini.

Assim como aconteceu nos dias do novenário, como forma de ajudar ao próximo e aos que mais precisam, durante a celebração do dia festivo os fiéis poderão realizar o gesto concreto – como é conhecido na igreja católica – e doar alimentos não perecíveis, que serão, posteriormente, entregues às famílias carentes da cidade.

Além do município, fazem parte da Diocese de Camaçari as cidades de Candeias, Dias d’Ávila, Madre de Deus, Simões Filho, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Terra Nova.

As homenagens ao padroeiro da cidade acontecem com apoio da Prefeitura de Camaçari. Confira abaixo a programação completa do dia festivo.

7/1 – (sexta-feira)
5h – Alvorada
6h – Ofício de São Thomaz de Cantuária – Na Catedral São Thomaz de Cantuária
7h – Santa Missa pelas vítimas da covid-19 e devotos falecidos – Na Catedral
9h – Santa Missa – Na Catedral
15h – Solene Procissão (saindo da paróquia santa luzia em direção à catedral)
17h – Santa Missa Solene (presidida pelo administrador apostólico Dom Petrini)

DEVOÇÃO AO PADROEIRO

São Thomas Becket, Tomás Becket, Tomás de Cantuária ou Tomás de Londres (Londres, 21 de dezembro de 1128 – Cantuária, 29 de dezembro de 1170), foi arcebispo de Cantuária entre 1162 e 1170. É venerado como santo e mártir pela Igreja Católica e pela Igreja Anglicana. Ele defendeu a fidelidade a Deus, bem como a liberdade da igreja e os interesses da população cristã, e por isso, se envolveu num conflito com o Rei Henrique II da Inglaterra pelos direitos e privilégios da igreja. Foi perseguido, exilado e assassinado por seguidores do rei na Catedral de Cantuária.

O santo passou a ser conhecido em Camaçari por meio da fé dos empregados ingleses que trabalhavam na construção da linha férrea, que corta o município. Os devotos construíram um espaço para realizarem as orações. Com o desenvolvimento da cidade e a mudança da sede do município de Vila de Abrantes para onde é atualmente, mais pessoas começaram a louvar o santo católico e, não demorou muito, até tornar-se padroeiro.

O santo é o padroeiro da Diocese de Camaçari e é considerado um modelo de vida e intercessor junto a Deus. Sua festa litúrgica acontece no dia 29 de dezembro, dia da sua morte e data que marca a abertura do novenário na Catedral São Thomaz de Cantuária.