Bolsonaro diz que jamais será preso e volta a citar facada: ‘Sou imorrível’

O presidente Jair Bolsonaro (PL) citou novamente nesta segunda-feira (16) o episódio em que levou uma facada durante a campanha de 2018. Falando durante um evento do setor de alimentação em São Paulo, ele insinuou que o objetivo do atentado era fazer com que ele saísse da disputa eleitoral, tese que a Polícia Federal já descartou.

Dizendo que não estava dando recado para ninguém, Bolsonaro afirmou ser “imorrível” e disse também que “nunca será preso”. A informação é do Uol.

“A liberdade é mais importante do que a nossa própria vida. Vamos entrar agora no evento de hoje… Porque mais da metade do meu tempo eu me viro contra processos. Até já falam que eu vou ser preso… Por Deus que está no céu, eu nunca vou ser preso”, disse.

O presidente disse que seu governo é uma “missão”, mas criticou o fato de que “não se pensa no Brasil de jeito nenhum” na política nacional.

“Eu até digo, estou lá no Palácio do Alvorada e me sinto como um prisioneiro sem tornozeleira eletrônica. Mas entendo que isso é uma missão. Temos que tentar mudar o Brasil, não temos outra alternativa. O que tentaram nos roubar em 64, tentam nos roubar agora. Lá atrás pelas armas, hoje pelas canetas. Liberdade de expressão”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro durante o lançamento do programa Voo Simples, no Palácio do Planalto.

Fonte – Correio