Alunos da UCSAL realizam visita técnica ao Parque das Dunas de Abrantes e Jauá

Uma das propostas do Festival da Sustentabilidade deste ano é aproximar as instituições de ensino dos espaços ambientais pertencentes à Camaçari. Na tarde deste sábado (4/6), a Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), através da Coordenadoria de Licenciamento Ambiental (CLA), recebeu alunos da Universidade Católica do Salvador (UCSal), para uma visita técnica à poligonal do futuro Parque Municipal Natural das Dunas de Abrantes e Jauá, na Rua Direta de Jauá.

Na ocasião, o professor e biólogo, Francisco Pimentel, proporcionou uma aula diferente para cerca de 10 estudantes do curso de pós-graduação Manejo e Conservação da Biodiversidade. “Os alunos presentes tiveram a oportunidade fazer uma prática de uma técnica de recuperação de áreas degradadas que é a nucleação. Essa técnica visa contribuir com a restauração ambiental a partir do próprio potencial da área de regeneração, através da coleta de sementes, galharia, e o plantio de diversidade para contribuir com a recuperação da área escolhida”, explicou Francisco.

Para a pós-graduanda, Camila Tinoco, foi importante a visita e também conhecer o local. “Nessa aula prática, da disciplina de Manejo e Conservação da Biodiversidade, aprendemos como fazer a nucleação da área visando o plantio”, pontuou ao falar da alegria de participar do encontro e pôr em prática sua atuação como consultora ambiental. “Pra mim, essa experiência é perfeita, porque é uma miscelânea de técnicas que estamos colocando em prática durante a minha atuação ambiental”, concluiu.

O Parque Municipal Natural Dunas de Abrantes e Jauá é uma unidade de conservação municipal, que é de suma importância para a conservação da biodiversidade das espécies das restingas. A restinga é um ecossistema que faz parte da Mata Atlântica, sobretudo, localizada na zona costeira do município, que tem 42 quilômetros (km) de extensão.