Elinaldo anuncia isenção de taxas durante o período de calamidade pública para permissionários do Centro Comercial

Sensível à situação financeira dos permissionários do Centro Comercial de Camaçari e na perspectiva de buscar soluções que possam impulsionar e recuperar a economia do município, o prefeito Elinaldo Araújo dialogou com uma comissão formada por permissionários, juntamente com a vereadora professora Angélica Bittencourt. No encontro, discutiu-se a concessão de uma remissão (perdão) do preço público cobrado para custeio de água e energia elétrica, por todo o período de calamidade pública decorrente da covid-19.

Após ouvir atentamente a todos, Elinaldo tomou a palavra e anunciou as boas-novas aos feirantes. “Buscamos uma solução para o problema por meio de uma lei social de enfrentamento à pandemia para perdoar os que estão com boletos em aberto e auxiliar, por meio de uma isenção, um período que vocês tenham a possibilidade de se erguer financeiramente. Diante disso, concedemos a remissão da dívida, durante o período de calamidade pública anunciada em decreto e uma isenção posterior por um período de 15 meses, prorrogáveis uma única vez por igual período. Então conseguimos fechar uma isenção de 30 meses”, contou Elinaldo.

Durante a reunião, o gestor do Executivo fez uma ligação para o subprocurador-geral do Município, Dr.º Bruno Helásio, que em tempo, relatou aos presentes os trâmites já executados pela gestão, a fim de atender a demanda dos feirantes. “Dialoguei com o Ministério Público para que tudo fosse feito com a mais absoluta transparência. Agora o Projeto de Lei (PL) está pronto, já foi encaminhado para a Segov, e após assinatura do Prefeito deve ser protocolado junto à Câmara de Vereadores para seguir com a votação”, explicou.

O momento foi celebrado pelos presentes, que sob aplausos fizeram um convite ao gestor para fazer uma visita à feira. A vereadora Angélica, responsável pela indicação ao Poder Executivo, esbanjou felicidade. “Estou radiante, o prefeito sentou e com muita sensibilidade nos atendeu. Vamos, o quanto antes, anunciar essa boa notícia da isenção para os feirantes. Estamos trabalhando e atentos nesta fase de recuperação da economia, por isso é momento de festejar essa conquista em que pequenos empresários e empreendedores que atuam no Centro Comercial de Camaçari, importante programa de incentivo ao desenvolvimento econômico de nossa cidade, têm a chance de melhorar a rentabilidade dos negócios, que, como tantos outros, foram prejudicados com a pandemia”, finalizou.

Para Ronan Vitória, que trabalha na feira há sete anos, na venda e conserto de aparelhos eletrônicos, a boa notícia foi muito bem-vinda. “Muito boa essa notícia para os feirantes, estávamos preocupados com os boletos atrasados, sem saber como quitar as dívidas diante das dificuldades que estamos passando por conta da pandemia, em tempo que ficamos felizes com a notícia dada pelo prefeito”, disse ao esbanjar alegria.

Além da pauta em questão, os feirantes apresentaram outras demandas. Na ocasião, Edson Santos (Dinho da Feira), coordenador do Centro Comercial, anotou cada pedido e pontuou os avanços conquistados no espaço. “Tivemos muitas melhorias, e hoje, o feirante sai daqui com uma grande vitória, uma vez que será perdoada a dívida adquirida durante o enfrentamento da fase mais crítica da pandemia. Buscamos junto ao prefeito esta benfeitoria, Deus nos abençoou e chegou na hora certa”, disse.