Arraial da Praça Abrantes faz abertura oficial dos Festejos Juninos em Camaçari. Confira programação completa

O Arraial da Praça Abrantes foi oficialmente aberto pelo prefeito Elinaldo Araújo na noite desta segunda-feira (13/6). O espaço faz parte de mais uma das tantas opções de diversão da grade dos festejos juninos promovidos pela Prefeitura de Camaçari, por intermédio da Coordenação de Eventos. Na oportunidade, a população, que lotou o local, pôde perceber como será animado ocupar uma das praças mais tradicionais da sede do município e desfrutar das diversas atividades e atrações oferecidas até o dia 30 de junho.

Com apresentação musical de mais de 42 artistas e grupos locais, o primeiro dia do Arraial da Praça Abrantes foi marcado pela apresentação da quadrilha junina Fogueira Santa, que brilhou e encantou a todos. Em seguida, o grupo Pé de Lata fez a criançada pular e dançar à beça. Para encerrar a noite, o cantor camaçariense Raffa Pitton fez a alegria da galera ao cantar clássicos do forró.

De acordo com o prefeito Elinaldo, as festas que a prefeitura preparou para celebrar os festejos juninos em Camaçari estão cumprindo com o propósito pretendido, que é aninar a população e aquecer as vendas dos ambulantes e dos comerciantes instalados na região. “Foi o que mostrou o Santo Antônio nos bairros Inocoop e Phoc I. Será assim aqui, na Praça Abrantes, e também nos demais locais da sebe e orla do município. Unir as famílias nos bairros, nas praças e nas localidades, estimular o comércio, prestigiar os artistas ‘prata da casa’ numa festa aconchegante e segura para todos, é o saldo que pretendemos alcançar”, pontuou o gestor ao lembrar que “isso tudo é só o começo, pois ainda tem as festividades dedicadas a São João e São Pedro.”

No total, serão 18 dias de atividades com início sempre a partir das 16h. Sendo que nos dias 20 e 27/6, não haverá shows, mas a praça estará aberta para uso da população. A estrutura conta com um palco decorado, praça de alimentação, além da cidade cenográfica, que reforça o ambiente típico de interior, onde os festejos juninos costumam acontecer de forma mais original.

A iniciativa contará ainda com a Vila da Cultura entre os dias 21 e 24/6. Promovida pela Secretaria da Cultura (Secult), no espaço estão previstos o tradicional concurso de grupos juninos, além de atrações artísticas, como trio pé de serra, banda estilizada, charanga e contação de história para a criançada.

Lembrando o sucesso que foram os festejos em comemoração a Santo Antônio, nos dias 10 e 11/6 (sexta-feira e sábado), realizados nos bairros Inocoop e Phoc I, Luiz Mário e Junior Barlley, responsáveis pela Coordenação de Eventos, setor ligado a Secretaria de Governo (Segov), falaram que a expectativa para o Arraial da Praça Abrantes são as melhores possíveis.

“A ideia é que as famílias voltem a frequentar os lugares públicos da cidade nesse período, sobretudo, esse espaço pensado com tanto carinho para receber a todos. A intenção ainda é ajudar a fomentar o comércio e aquecer a economia impulsionando as vendas, por conta da circulação de pessoas nos locais de realização das festas”, falou Luiz Mário.

“O que queremos é resgatar a realização de festas juninas no centro da cidade, após esses dois anos em que não podemos fazer por conta da pandemia da Covid-19. Para tanto, vai ter atrações diferenciadas para todas as idades e públicos. Todo o nosso empenho é para, além de trazer diversão à população, dar apoio aos músicos da cidade e grupos culturais locais, categoria tão afetada nesse período”, destacou Junior Barlley.

A família Costa esteve presente na abertura do Arraial da Praça Abrantes. Pai e mãe trouxeram a filha e a sobrinha, de 6 e 7 anos, respectivamente, para se divertir nos espaços infantis da festa. Na avaliação deles, “a festa está tranquila e segura. E desse jeito nós pretendemos vir todos os dias para trazer as crianças nos divertir e aproveitar também”, declarou o casal Daniela Costa, 37 anos, e Fabiano Costa, 41 anos, moradores do bairro Gravatá.

A vendedora ambulante Geilsa Reis, 39 anos, está apostando nos dias da festa para “tirar um troco”. Moradora do bairro Jardim Limoeiro, ela que está desempregada desde antes da pandemia, quando se viu obrigada a atuar como autônoma no ramo de alimentação. Na festa, vai aproveitar para, além de vender os quitutes, divulgar o trabalho para outras ocasiões.

Além da população, estiveram presentes secretários municipais, vereadores, além da primeira-dama Ivana Paula e autoridades locais e estaduais.

Confira a programação completa abaixo:

14 de junho
16h – Autênticos do Forró
18h – Grupo Cultural
21h – Julio Vidal

15 de junho
16h – Luiz do Baião
18h – Grupo Cultural
21h – Mega Bis

16 de junho
16h – Matheuzinho do Acordeon
18h – Grupo Cultural
21h – Paulo Carrilho

17 de junho
16h – Valdério do Forró
18h – Grupo Cultural
21h – Digitais do Forró

18 de junho
16h – Os Baianos do Forró
18h – Grupo Cultural
21h – Spiga Nua

19 de junho
16h – Xote Suado
18h – Grupo Cultural
21h – Sela de Prata

23 de junho
16h – Luiz do Baião
18h – Grupo Cultural
21h – Quininho de Valente

24 de junho
16h – Coração do Nordeste
18h – Grupo Cultural
21h – Virado no 70

25 de junho
16h – Zé da Galera
18h – Grupo Cultural
21h – Filé de Camarão

26 de junho
16h – Brilho Lunar
18h – Grupo Cultural
21h – Forró + 2

28 de junho
16h – Forró Manhoso
18h – Grupo Cultural
21h – Jaguarana

29 de junho
16h – Caba Vei do Forró
18h – Grupo Cultural
21h – Forró no Grau

30 de junho
16h – Gil do Forró
18h – Grupo Cultural
21h – Neide Bassan