Ballace Festival Nacional de Dança segue até domingo (19) no Teatro Cidade do Saber

Desta quinta-feira (16/6) até o domingo (19/6), Camaçari recebe bailarinos e amantes da dança de todos os cantos do país. O Teatro Cidade do Saber sedia a 15ª edição do Ballace Festival Nacional de Dança, que reúne performances, concurso, mostras e oficinas.

Neste primeiro dia, o evento promoveu oficina e workshop de jazz, ministrados por Caio Nunes (RJ), e concurso e mostra de jazz (duos, trios e quartetos), dança de salão, dança do ventre, conjunto de jazz e musical. A partir das 20h desta quinta, ainda acontece concurso e mostra solos de jazz e musical.

A organizadora do Ballace, Ana Cristina Gonçalves, conta que a realização da atividade em 2022 é muito emocionante, porque nos últimos dois anos o evento não foi realizado por conta do período pandêmico. “Quando entrei aqui e vi este tanto de bailarinos, meus olhos marearam de felicidade em ver que a arte pode voltar a pulsar, principalmente neste teatro lindo”, contou.

Ana Cristina também explicou o porquê de Camaçari ser escolhida para sediar o festival. “Aqui encontramos a possibilidade de fazer todas as atividades em um único equipamento, que é a Cidade do Saber, que oferece toda a estrutura fundamental pra o funcionamento bacana do evento, como o teatro, salas de aula e lanchonete. São 22 mil metros quadrados de uma área linda, onde os bailarinos ficam bem instalados, de forma segura e confortável”, disse.

O evento se consolida como uma das mais importantes mostras competitivas de dança do Brasil, contando com mais de 1.600 participantes. A iniciativa tem a presença do diretor da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, Pavel Kazarian. Também traz como convidados para a Cia. On Broadway, primeira companhia de Musicais da Bahia, o bailarino Emerson Nascimento, formado pela Escola do Teatro Bolshoi; e a bailarina Lilian Pereira, do Balé do Teatro Castro Alves (BTCA).

Para Taíse Trindade, bailarina de Camaçari, receber na cidade um festival desta magnitude é de muita alegria. “A importância desse evento é inexplicável. Nossa cidade é muito rica culturalmente, e abrir as portas para artistas de outros estados faz com que sejamos muito privilegiados. Já competi no Ballace outras vezes, este ano não irei, mas o coração da gente que dança sempre ta lá no palco junto com os bailarinos”, afirmou.

O bailarino Joanderson Gonçalves, de Lauro de Freitas, participou da mostra competitiva. “É emocionante e interessante a troca que a gente consegue fazer aqui no Ballace com os diversos profissionais e pessoas envolvidas”. Pedro Miguel, administrador da escola de dança da qual Joanderson faz parte, acrescentou que participar do festival é sempre uma emoção. “Participo de todas as edições do Ballace, porque é uma chance de oportunizar aos nossos alunos de viver novas experiências e conhecer outros trabalhos”.

O Ballace conta ainda com um corpo de jurados e professores convidados: Douglas Amaral (RJ), Luciene Munekata (SP), Gilmar Sampaio (BA), Sinha Guimarães (BA), Nildinha Fonseca (BA), José Antônio Sampaio (BA), Michael Cavalcanti (BA), Janne Ruth (CE), Lane Barbosa (BA), Marcus Vinícius (BA), Juliana De-Vecchi (BA), Thiago Oliveira (BA).

Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) e podem ser adquiridos na recepção, no foyer do Teatro Cidade do Saber, das 8h às 17h. Têm direito a meia entrada estudantes, crianças menores que cinco anos e pessoas com idade a partir de 60 anos.

Mais informações podem ser adquiridas através do site oficial do Ballace.

Confira a programação:

Quinta-feira (16/6)

20h
– Concurso e mostra: Solos de Jazz e Musical

Sexta-feira (17/6)

10h
– Oficinas e workshops: Clássico – Gilmar Sampaio

11h30
– Oficinas e workshops: Broadway Class – Juliana de Vecchi
– Oficinas e workshops: Contemporâneo – José Sampaio

13h
– Oficinas e workshops: Investigação coreográfica – Marcus Vinícius

14h
– Concurso e mostra: Variações e duo de repertório

17h
– Concurso e mostra: Duos, trios, quartetos e conjuntos de Contemporâneo

20h
– Concurso e mostra: Solos de Contemporâneo

Sábado (18/6)

10h30
– Oficinas e workshops: Clássico – Douglas Amaral

12h
– Oficinas e workshops: Dança Afro – Nildinha Fonseca

15h
– Concurso e mostra: Clássico Livre – solos, duos e conjuntos (infantil e juvenil)

19h
– Concurso e mostra: Clássico Livre (conjuntos adulto e avançado)
– Concurso e mostra: Clássico de Repertório
– Concurso e mostra: Danças Populares

Domingo (19/6)

8h30
– Concurso e mostra: Solos de Estilo Livre

10h
– Oficinas e workshops: Jazz Funk – Lane Barbosa

11h30
– Concurso e mostra: Estilo livre – duos, trios e quartetos
– Oficinas e workshops: Danças Urbanas – Thiago Diamante

14h
– Concurso e mostra: Danças Urbanas

16h
– Concurso e mostra: Conjuntos de Estilo Livre