Ajuste fiscal: presidenta deve acionar plano B, diz Caetano

“Eu entendo que a Presidenta Dilma precisa acionar imediatamente o plano B, para conseguir os recursos de que o Brasil precisa, para aquecer a economia e para fazer investimentos”. Para o deputado Caetano (PT-BA), autor da frase acima, o plano B é a recuperação dos valores sonegados pelos ricos e bilionários do país.

Ao falar na tarde desta terça-feira, 31, na tribuna da Câmara, Caetano disse que a operação Zelotes deflagrada pela PF no Conselho de Administração de Recursos Fiscais (Carf), demonstra que na Receita Federal do Brasil operava um Estado paralelo, arrecadando dinheiro, perdoando dívidas dos ricos e poderosos e desviando fartos recursos do povo brasileiro. “Esse já pode ser considerado o maior escândalo de corrupção no país, pois somente em 70 processos o desvio pode passar dos R$ 19 bilhões, muito maior do que o volume movimentado no chamado mensalão (R$ 141 milhões) e que o detectado na operação Lava Jato da Petrobras (R$ 2,1 bilhões)”, afirmou ele.

O parlamentar defendeu uma operação mais forte contra os sonegadores e comemorou a informação de que a presidenta Dilma pensa em mandar para o Congresso Nacional projeto de lei para a regulamentação do imposto sobre grandes fortunas. “É por aí que nós temos que fazer o nosso trabalho e não apertar os trabalhadores, os assalariados; não fazendo o ajuste fiscal em cima dos trabalhadores, mas em cima dos sonegadores, em cima dos bancos, em cima das grandes fortunas”, ressaltou.

Caetano anunciou ainda que apresentou requerimento de informações na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle sobre a atuação do Carf.

Fonte: Ascom / LC