CAMAFORRÓ 2024 : Serin e empresários se reúnem para debater ação no comércio local

Para discutir sobre a realização de uma ação de fomento ao comércio de Camaçari, a nova titular da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), Sineide Lopes, esteve reunida com comerciantes locais nesta quinta-feira (9/5). O encontro surgiu de uma preocupação da categoria em virtude do fechamento das praças para requalificação do Centro Histórico, bem como da antecipação do Camaforró 2024, que acontece entre os dias 13 e 15 de junho.

Na oportunidade, foi apresentada uma proposta de fazer um shopping a céu aberto, no Centro da cidade, com data proposta de acontecer entre os dias 8 e 9 de junho. A sugestão foi feita pelos próprios comerciantes, para que, mesmo com o fechamento de ruas estratégicas do comércio de Camaçari durante o Camaforró, a sociedade tenha a oportunidade de realizar compras. A intenção da categoria é que a iniciativa se torne uma agenda fixa no calendário da cidade.

A secretária Sineide Lopes avaliou a reunião como produtiva, já que contou com amplo debate e finalizou com uma proposta definida. “Os comerciantes vieram até aqui pra gente pensar juntos, pois todos nós queremos um comércio pujante e desenvolvido. E vamos trabalhar para que esse São João reflita nos lucros. Estamos levando essa fala para todos os setores da gestão, para pensar como podemos contribuir para que o nosso comércio seja fortalecido em um momento onde se faz necessária a intervenção no Centro, o que vai proporcionar que a cidade fique ainda mais arrumada e pronta pro comércio lucrar cada vez mais”, afirmou a gestora, ao explicar aos presentes sobre a função da pasta, que é de mediar as relações entre o Poder Executivo e os demais poderes das diversas esferas de governo, com a sociedade civil e suas instituições.

A ideia da ação foi de Laerte de Oliveira, consultor de uma loja de calçados instalada na Rua Adelina de Sá. Durante o encontro, ele pontuou a necessidade de união do setor. “A gente tem que dar as mãos e fazer algo acontecer, uma realização ou qualquer coisa para melhorar. Eu sou aquele cara que está sempre querendo trazer uma melhoria pra dentro do comércio. Por quê? Porque eu vivo dele, se ele quebrar e a loja fechar, acabou, eu tô desempregado. Então, eu preciso lutar, não só pelo meu comércio, mas pelo de todo mundo”.

A declaração foi apoiada por Cely Brito Santos, empreendedora de uma loja de colchões na Avenida Getúlio Vargas. “Eu defendo qualquer ação proposta em prol do comércio de nossa cidade, sobretudo as que dão a possibilidade de os comerciantes desenvolverem o negócio e adquirirem melhor lucro”.

O encontro também contou com a participação de entidades representativas, uma delas foi a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL-BA), com o presidente, Pedro Failla, que apoiou a iniciativa. “Campanhas como essa tem o nosso apoio. Quanto mais a gente reunir para promover e divulgar essas ações, quem ganha, geralmente, é quem precisa. Estamos junto com vocês”, afirmou.

Além de representantes de diversos segmentos do comércio do Centro da cidade, ainda estiveram presentes o chefe de gabinete da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), Alan Cordeiro; o vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Camaçari e Região (Sicomércio), João Almeida; e do ex-coordenador da Câmara do Jovem Empresário de Camaçari (CJEC), Thiago Lopes.