Com caixão no chão e camisa do Corinthians, corpo de Nahim é velado

Nesta quinta-feira, 13, às 20h, teve início o velório do cantor Nahim Jore Elias Júnior na Assembleia Legislativa de São Paulo, em Moema. A cerimônia foi encerrada às 10h desta sexta-feira, 14. O artista foi encontrado morto dentro de casa, aos 71 anos.

Música, caixão no chão, bermuda branca e camisa do Corinthians são o que constam na lista de exigências para velório deixada pelo cantor.

Sua ex-esposa, Andréa de Andrade, contou ao G1 que o artista deixou a lista de exigências para quando morresse. Dentre elas, uma despedida com muita música.

“E ele sempre pedia: ‘O dia que eu morrer, eu quero muita música no meu enterro. Não quero tristeza’. Ele deixou uma lista de exigências, e uma delas foi a música. Caixão no chão, os cachorrinhos em volta dele, sem flores, bermuda branca, camisa do Corinthians e descalço.”

Logo após o velório, o corpo do artista será levado de carro para Miguelópolis, no interior do estado, onde nasceu e viveu. O sepultamento está marcado para às 16h.

A tarde