Cooperativa de transporte é assaltada pela oitava vez em Camaçari

A garagem da Cooastac (Cooperativa de Transporte Alternativo e Empresarial de Camaçari) foi assalta na madrugada desta quinta-feira (26). Segundo informações, por volta da meia-noite, bandidos armados renderam o vigilante, deram coronhada na cabeça dele e o amarraram. Dois deles entraram na sede da cooperativa e os demais ficaram do lado de fora dando cobertura e recebendo o material que estava sendo retirado da sede.

Os assaltantes vasculharam todas as dependências e levaram o cofre da cooperativa, cerca de R$ 12 mil em espécie, além de peças do almoxarifado, documentos de veículos e talões de cheque, alguns deles com folhas assinadas.

Segundo o presidente da cooperativa, Ramiro Sena, no local há câmeras de segurança, mas ele ainda não soube informar se o equipamento gravou a ação dos bandidos, já que ele desconfia que o sistema de monitoramento pode ter sido desligado antes da ação.

Ramiro diz que esta é a oitava vez que o local é assaltado e a terceira com o mesmo vigilante. “Já fomos assaltados diversas vezes, por isso temos vários inquéritos em andamento, mas até hoje nada foi feito. Tudo leva a crer que as ações são praticadas por associados, por alguém que sabe do funcionamento da nossa cooperativa, cabe à polícia investigar”, disse ele.

O presidente da cooperativa aguarda no local a perícia da polícia civil que vai investigar o caso. Ele ainda solicita aos órgãos competentes, como STT, Ministério Público e Polícia Civil que se mobilizem e se reúnam com a cooperativa para encontrar a solução para esta violência.

A Cooastac tem 70 cooperados cadastrados em Camaçari.

Fernanda Melo – Redação Nossa Metrópole / Fotos: Antonio Cruz

1 2 3 4 5 6