Dilma Rousseff passa Carnaval em Inema

Em meio a derrotas na Câmara dos Deputados, desde a eleição do peemedebista Eduardo Cunha, e às recentes denúncias da Operação Lava Jato apontando o envolvimento do PT em esquemas de corrupção da Petrobrás, a presidente Dilma Rousseff desembarca nesta sexta-feira, 13, em Salvador, para relaxar e recarregar as energias no feriado do Carnaval.

A secretaria de imprensa do Palácio do Planalto não confirmou a hora de chegada da presidente, mas a assessoria de imprensa do governador da Bahia,  Rui Costa (PT), disse que ela deve desembarcar na Base Aérea de Salvador por volta das 11h30.

O governador, ainda segundo a assessoria, irá recepcionar a presidente e familiares no desembarque. Dilma, informou o Planalto, deve ficar até terça-feira na Praia de Inema, balneário pertencente à Marinha do Brasil, na Base Naval de Aratu, situada a 40 quilômetros de Salvador.

Como ocorreu nos últimos carnavais desde que assumiu a presidência, a petista não deverá comparecer ao circuito da festa. A única vez que foi conferir a folia baiana foi em 2010, logo após ela ter sido eleita para o primeiro mandato.

Na quinta, 12, a presidente realizou exames de rotina no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, que, segundo boletim médico, apresentaram resultados dentro da normalidade, e teve um encontro reservado de pouco mais de duas horas com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.  Os dois não falaram com a imprensa.

A presidente teve, na quitna-feira, um encontro reservado com o ex-presidente Lula da Silva
A presidente teve, na quitna-feira, um encontro reservado com o ex-presidente Lula da Silva

O ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência, Pepe Vargas, negou que o encontro seria para Dilma pedir “socorro” ao ex-presidente para vencer o isolamento em que ela se encontra ou tentar ajudar a contornar os problemas enfrentados pelo governo seja na área política, seja econômica.

Fonte: A Tarde