Envolvido em assassinato de PM é morto em Mata de São João

O autor dos disparos que vitimou a policial militar Dulcineide Bernadete de Souza, de 44 anos, no bairro de Pituaçu, em Salvador, morreu após trocar tiros com a polícia na localidade de Açu da Torre, proximidades da Praia do Forte, no litoral de Mata de São João.

Nesta quarta-feira (19), o suspeito entrou em confronto com as equipes da Polícia Militar e Polícia Civil e terminou baleado diversas vezes no tórax em auto de resistência. Josias Cerqueira dos Santos, 19 anos, ainda chegou a ser socorrido ao Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, mas não resistiu aos ferimentos.

policial-baleada-morre-579x390-550x300

Josias estava escondido na casa da avó e ao perceber a presença de rondas policiais fugiu para a residência do avô, onde foi localizado. As primeiras informações dão conta que ele, junto com seus comparsas, também são autores do roubo do Pálio branco, placa OKP 4228, praticado na madrugada desta terça (17). Eles fizeram um bloqueio com troncos de árvores na estrada de acesso ao entroncamento de Praia do Forte, e roubaram o veículo para iniciar a fuga.

Já no fim da tarde desta terça-feira (17), a polícia prendeu dois suspeitos de ter participado da morte da policial militar. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), Lucas Silva dos Santos, 22 anos, confessou ter participado do assalto que resultou na morte da PM, e Rodrigo Lima Bonadia dos Santos, conhecido como Pão, também está preso. Este último é acusado também de roubar e clonar o veículo do modelo Fiesta, de cor branca, com placa OZT 8659 (e não um Ford Ka, como informado pelas testemunhas), roubado na última sexta-feira (13) no bairro de Stella Maris.

Por volta das 11h desta terça, o carro que teria sido utilizado pelos bandidos durante a ação foi localizado pela polícia na BR 324, na região da Brasilgás. Nenhum objeto foi encontrado no interior do veículo, que foi encaminhado para perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A polícia agora faz buscas para capturar os outros dois bandidos que participaram do crime, identificados como Wilihans da Rocha Pita e Wiliam Santana da Silva.

Fonte: Mais Região