Músico é morto em porta de bar no centro de Pojuca

Em menos de 24 horas, a cidade de Pojuca registra mais um assassinato com arma de fogo. Dessa vez, Cristiano Abreu de Oliveira foi executado enquanto bebia na porta de um bar no centro da cidade.

02

O crime aconteceu, por volta das 15h30, num barzinho localizado em frente ao prédio da Previdência Social. Os criminosos chegaram atirando contra Cristiano, que foi atingido por vários disparos na região do tórax e costas.

03
Cristiano Abreu (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser deslocada para o local, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Cristiano era irmão de Rogério Abreu de Oliveira, ex-baixista da banda Parangolé, assassinado em Salvador em abril de 2008. O músico foi morto por engano, segundo a polícia.

A vítima, que já tocou na Banda Na Varanda e outras diversas na cidade, trabalhava como técnico de som no Departamento de Esporte Cultura e Laser (DECLA) da prefeitura de Pojuca.

Luciano tocando teclado durante uma apresentação da Banda Na Varanda em 2011. (Foto: Arquivo Pessoal)
Luciano tocando teclado durante uma apresentação da Banda Na Varanda em 2011. (Foto: Arquivo Pessoal)

Cristiano deixa duas crianças. Seis horas antes do crime, ele postou uma foto com a filha em seu perfil no Facebook.

As circunstâncias do crime serão investigadas pela delegacia de Pojuca.

Fonte: Mais Região