PT vai disputar a presidência da Assembleia Legislativa

Com a presença do presidente do Partido dos Trabalhadores na Bahia, Everaldo Anunciação, e dirigentes estaduais do partido, a bancada petista, que continuará sendo a maior da Casa na próxima legislatura, se reuniu na tarde desta terça-feira (4), para avaliar o quadro político pós-eleitoral e as perspectivas para o próximo período na Bahia e no Brasil.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ao fim das conversas, deputados e dirigentes partidários amadureceram uma decisão que unifica todas as forças internas: depois de abrir mão da prerrogativa reservada à maior bancada quanto à indicação para presidir o Legislativo nos últimos anos, o PT terá candidato a presidência da Assembleia Legislativa, nas eleições para a Mesa Diretora, em fevereiro de 2015.

A decisão foi tomada com base na tradição das casas legislativas, de acompanhar a decisão das urnas, cabendo o comando do poder à agremiação que teve mais votos, elegendo assim o maior número de parlamentares.

De acordo com o presidente Everaldo Anunciação, o Partido dos Trabalhadores cultiva o princípio da renovação de seus quadros no parlamento, seja através do rodízio na liderança da bancada ou mesmo na recondução aos mandatos. “Em nosso último congresso mudamos o Estatuto e colocamos limite para reeleição de deputados, por exemplo, que só podem acumular três mandatos”, explica Everaldo.

Outro ponto consensual é que o PT irá dialogar com as  bancadas aliadas e com outros partidos para viabilizar o nome petista na presidência do Legislativo baiano.

FONTE: ASCOM / PT BAHIA